“A ausência do meu pai”, por Maria*

 

img073

O meu nome é Maria e tenho oito anos. Eu por vezes, sinto-me sozinha, pela ausência do meu pai, devido ao seu trabalho. O meu pai é estivador. Devido ao seu trabalho, quando eu tenho alguma festa na escola, ele nunca vai comigo. Sinto uma enorme tristeza quando isto acontece, porque enquanto os meus amigos brincam com os seus pais e têm a sua companhia, eu fico sozinha porque o meu pai está sempre a trabalhar. Ao fim de semana eu fico em casa sozinha com a minha mãe e nesses dias é como se estivesse sozinha em casa, pois a minha mãe está sempre a fazer alguma coisa, enquanto que se o meu pai estivesse em casa eu sei que ele estaria a brincar comigo. Eu gosto muito dos meus pais mas sinto muitas saudades de brincar com o meu pai.

*Filha de Estivador 

Anúncios

Autor: Há Flores no Cais

Blogue das mulheres dos Estivadores

2 comentários em ““A ausência do meu pai”, por Maria*”

  1. Sendo esposa de um estivador sei dar o valor a esta menina .o meu filho já tem 30 anos mas já foi educado assim.valia a nossa estabilidade financeira com o esforço enorme do pai…agora vem uns senhores que este sacrifício seja a custo zero ou quase…..expliquem -me porque teem de ter mais lucro a custa do trabalhador. …

    Curtir

    1. Obrigado pelo seu comentário, isto é o sentimento mais genuíno de uma criança.
      Agradecemos o seu contributo e convidamo-la a estar connosco no nosso movimento. Poderá seguir-nos na página de facebook ” Há Flores No Cais”
      Obrigado

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s